INFORMAÇÕES TÉCNICAS > PREPARAÇÃO DE AROS
.
Download Guia Geral
 
 
 
  Preparação de aros    


1. Soldadura de perfis em PVC

A união das esquadrias dos aros em PVC é feita utilizando o método de soldadura a topo, através de aquecimento com uma resistência eléctrica e aplicação de pressão. Os perfis do aro a serem unidos são plastificados a quente pela resistência eléctrica e são unidos por compressão.

No mercado existem máquinas para soldadura de perfis em PVC, com um número variável de cabeças, que permitem a soldadura de 1 até 4 cantos em simultâneo. Dependendo das suas características podem efectuar uniões em “T” e uniões em vários ângulos.

A temperatura do espelho de aquecimento, o tempo de fusão, a pressão de colagem e o tempo de arrefecimento são parâmetros que devem se ajustados a cada perfil. O limitador do cordão de soldadura, também tem efeito sobre a resistência da junta soldada.

Os parâmetros de ajuste precisos dependem de cada máquina e devem ser determinados através de testes de soldadura. Os ajustes da máquina de soldadura devem ser verificados regularmente. O espelho de soldadura deve estar sempre limpo.

Uma soldadura é considerada boa quando apresenta um cordão de solda liso e suave, ou ligeiramente áspero. Um cordão de solda amarelo, ou acastanhado, indicia material queimado, devido à aplicação excessiva de calor, ou a tempo de soldagem excessivo, devendo neste caso ser rejeitado o aro.

Não permitir que o cordão de solda arrefeça demasiado rápido após a soldadura, por exemplo, por aplicação forçada de ar ou depositando o perfil no chão muito frio, pois podem gerar-se tensões internas não controláveis. Antes de prosseguir com a fabricação, os aros devem repousar no mínimo durante 20 minutos, após a soldadura para arrefecerem devidamente.

A directiva DVS 2207-25 da Associação Alemã de Soldadura, foi a norma de referência utilizada no presente guia de fabrico. Adiante apresenta-se uma check-list com os parâmetros de ajuste exactos. O departamento técnico da L.A. PVC, fica desde já à disposição disponibilizando toda a assessoria e ajuda nesta área.

 

2. Limpeza do espelho de soldadura

Os espelhos de soldadura, se revestidos, ou recobertos, não devem ter defeitos.

Para evitar a quebra do cordão de soldadura nas soldaduras seguintes deve remover todos os resíduos, tais como limalhas de corte, que se possam ter depositado no espelho durante a operação de soldadura, utilizando-se apenas panos de linho, papel crepe, ou tecido sem fibras sintéticas. Apenas se devem/podem remover com solventes as manchas de óleo.

 

3. Verificação dos cordões de soldadura

A eliminação dos cordões de soldadura das faces expostas dos perfis é actual e geralmente realizada por máquinas automáticas.

Estes equipamentos funcionam efectuando um canal visível sobre o cordão de soldadura, utilizando uma lâmina de soldadura. É necessário garantir que a profundidade desse canal seja reduzida.

Os cantos, interiores e exteriores são removidos com fresas, brocas e discos de serra. Quando esta operação é realizada manualmente devem ser tomadas precauções, para garantir que o desbaste não provoca o enfraquecimento excessivo da soldadura e consequente perda de resistência das uniões.

 

 
© Copyright L.A. PVC 2013 All Rights Reserved